quarta-feira, 29 de março de 2017

Srs Passageiros podem desapertar os cintos, chegámos ao aeroporto Cristiano Ronaldo :)

Como todos sabem, não gosto do Ronaldo, não por inveja, mas por o achar ambicioso demais.

É bom jogador? ok, entendo e sei que sim, mas faz coisas com as quais não concordo, como o filho que para mim é comprado e já vêm mais a caminho, não concordo com pessoas que, se não podem ter filhos naturalmente, (não sei se é o caso) recorram a barrigas de aluguer. Ele podia adotar, agora comprar? não concordo. Quer filhos de sangue? ok, se não pode tê-los naturalmente, há tratamentos e que se saiba não os fez. Depois num ano ganha uma bola de ouro já está a dizer que quer ganhar a próxima o mesmo com as bolas de ouro, e por aí fora.
Há milhares de pessoas que o idolatram, que o perseguem, ok é lá com eles.

Na madeira como disse o Miguel Sousa Tavares, já quase tudo tem o nome dele, só falta a ilha mudar de nome :)

                                                

terça-feira, 28 de março de 2017

Farta .

Hoje por aqui até que esteve agradável o tempo, de manhã já estava solinho e aqueceu à tarde.
No fim de jantar disse ao mais que tudo: vai lavar a louça, ele: vai tu que eu já fiz o jantar. Eu fui, porque sou bem mandada :)  já há muito que no fim de jantar não vamos ao café e hoje como tinha estado bom, tinha pensado em irmos.
Agora estou em casa com o aquecimento ligado e acho que ainda vou buscar uma manta ahahahahah

Vem primavera, por faaavooorrr :)

segunda-feira, 27 de março de 2017

E é isso!




Por isso eu lhe estou agradecida, a ela eu devo o que sou. Uma pessoa, integra, honesta, que gosta de ajudar quem precisa que ainda acredita que há sempre em algum lugar pessoas que valem a pena. Ainda hoje quando necessito de um conselho é a ela que quase sempre recorro.
Não foi na escola que aprendi a ser o que sou, foi ela que me fez assim, porque ela também o é.

Ai se as mães não existissem!! 

quarta-feira, 22 de março de 2017

Coisas que me fazem feliz.

Ando por aqui há 2 anos, aqui escrevo às vezes, coisas minhas, do meu dia-a-dia, de situações do mundo, do que eu entendo que está mal ou bem, muitas vezes este blog é como que um diário, para um dia eu reler.

Ao longo deste tempo conheci, mesmo que virtualmente pessoas incríveis, pessoas que com a sua escrita me deram uma lição de vida, pessoas que abordam temas que eu ainda não tive coragem de os abordar, algumas delas me acompanham no blog, nas redes sociais e hoje, pela segunda vez a minha amiga Matilde, quem tem um filho lindo a quem eu adotei como meu sobrinho :) ,me voltou a surpreender.

Ela é uma querida e uma lutadora e admiro-a por isso, não nos conhecemos pessoalmente, mas que importa isso quando se está em sintonia?

Obrigada Matilde e que a vida nos permita muitos anos mais.

Beijinhos  


Não é bom chegar a casa, abrir a caixa do correio e ter lá estes mimos?
Ó se é, até me esqueci logo do frio que estava :)

Cantinho da Tily ❀ _ Matilde_ ❀








terça-feira, 21 de março de 2017

Será?


Será que alguém usa isto? 





E isto? 


E estes óculos, como se seguram? lol



segunda-feira, 20 de março de 2017

#hoje

Como já disse, ando numa de aproveitar a vida, sim! porque cheguei à conclusão que não estou para "perder" tempo.
Então hoje andei pela alta da minha cidade, às vezes dá-me para isto. Andei por ruas estreitas, com casas velhas, que até tive medo de passar ao lado delas, vi idosos à janela e pensei como ainda vivem pessoas nestas casas :( vi alguma pobreza, nas ruas e nas pessoas que as pisam todos os dias. Vi esquinas escondidas, onde se refugiam vários sem abrigo, juntos com pessoas que também ali se refugiam para "matar" os vícios, passei por sítios onde já não passava há anos, bateu uma tristeza, principalmente por ver zonas da cidade onde se reconstroiem casas, se arranjam ruas se vive luxuosa-mente,um contraste muito grande.

Vi muitos turistas principalmente chineses, tiravam fotos e faziam algumas compras desci à baixa tomei um café e fui para casa.

O que a minha cidade mudou.




sábado, 11 de março de 2017

E é este o mundo em que vivemos, que futuro?

Ainda a propósito da miúda que andou uma semana desaparecida e não estando aqui a culpar ninguém, será que se dessem trabalho em casa aos jovens para fazer, como, ajudar a fazer o jantar, por a mesa ou lavar a louça.

Se não os deixassem fechar no quarto com o tlm /pc , eles teriam tempo para andar a falar com homens ou mulheres nas redes sociais?

Não me venham com tretas, psicólogos? Para quê? 
Dêem atenção aos jovens, dêem lhes trabalho para fazer em casa, falem com eles não lhes dêem tudo.

Assim talvez já não fujam.

Digo eu claro.

terça-feira, 7 de março de 2017

Viver


Hoje quando ia para o trabalho, ouvi na radio esta frase: viver é estar com quem a gente gosta

Tem um pouco de verdade essa frase, mas, nem sempre isso é possível. 

E se não podemos estar com quem mais gostamos já deixamos de viver?

Acho que não, o viver é bem mais que isso, que bom seria poder estar todos os dias com essas pessoas, mesmo que algumas já não permaneçam no mundo dos vivos e não será por isso que não vivemos. Pensamos nessas pessoas, mas temos de viver na mesma.
Vivemos um pouco mais tristes sim, é verdade, mas vivemos. Quantas pessoas vivem na solidão no meio de centenas de pessoas? E vivem na mesma!
A vida, o viver!! Nem sempre é fácil, mas vivemos com ou sem essas pessoas.


segunda-feira, 6 de março de 2017

Para ti, que não esquecerei.



Ainda me falta dizer isto: 
que nem tudo
o que veio
chegou por acaso. Que há
flores que de ti
dependem, que foste
tu que deixaste
algumas lâmpadas
acesas. Que há
na brancura
do papel alguns
sinais de tinta
indecifráveis. E
que esse
é apenas
um dos capítulos do livro
em que tudo
se lê e nada
está escrito.


Albano Martins


Com o pensamento numa pessoa que eu adoro.

domingo, 5 de março de 2017

Boa Semana.





E eu já mudei a minha forma de caminhar há muito, olho mais aos pequenos pormenores da vida, pequenos, antes, hoje para mim são grandes.