terça-feira, 27 de junho de 2017

Com efeito.

Hoje, deu-me para pensar na vida, no que já vivi e estarei para viver ou não. Há dias em que penso nisso, depois lembro do muito que já vivi, dos momentos bons, dos maus ou menos bons, de situações que se passaram de despedidas para sempre (essas custam muito).

Quando se chega a um certo ponto da nossa vida, acho que toda a gente reflete um pouco no que já viveu.
Eu, já há muito que mudei, o meu “viver” , nunca me preocupei muito com o futuro, hoje então não ligo nada, penso sim em aproveitar tudo o que me é proporcionado e o que que posso aproveitar. 

Às vezes e quando estou só, digo para mim mesma, porra!! olha que já viveste muito, viver no sentido de aproveitar a vida, não tive grandes preocupações, fui vivendo e aproveitando.
A minha filosofia de vida sempre foi: nada nesta vida é eterno, então há que aproveitar tudo o que eu gosto, para isso em muito contribui-o o facto de ter optado por não ter filhos. 


E é isso! com os últimos acontecimentos no nosso país, se morresse hoje, morreria uma pessoa feliz. 

24 comentários:

  1. Tens toda a razão, o importante é ser feliz, seja por quanto tempo for!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu lema é esse Teresa, ser feliz.
      Bjxxxx

      Eliminar
  2. Respostas
    1. E eu faço por isso sempre Andreia ;)
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Isso, no final de contas é o que importa. É que vidas só temos uma. Que a tua te continue a sorrir. Jinhos

    ResponderEliminar
  4. Eu aproveitei pouco, mas sinto-me feliz com o rumo da minha vida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E isso é o mais importante S* desde que sejas feliz e estejas bem :)

      Eliminar
  5. Ja cheguei a esta conclusao ha algum tempo :)
    E sim, a Alice e que tem razao ;)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A vida pode ser só um instante e é isso que eu tento aproveitar;)
      Beijinhos lindona.

      Eliminar
  6. E isso é o que mais importa: perceber que o que vivemos já valeu a pena. Sinto o mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta, o que já vivi e aproveitei já valeu a pena.
      Beijinhos

      Eliminar
  7. E quanto menos futuro temos pela frente, mais pensamos no passado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanta verdade :)
      Abraço Jota (tás sempre a mudar de nome) lol

      Eliminar
  8. Por vezes dou comigo a pensar na vida e atendendo aos meus 60 ... não me assusta a velhice mas sim a morte!
    Também faço por ter momentos felizes!
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A morte assusta me se for para sofrer, caso contrário não.
      Beijinhos Gracinha

      Eliminar
  9. r: Vale a pena :)
    Espero que esteja tudo bem, beijinhos

    ResponderEliminar